Caracterização composicional e tipológica da cerâmica industrial do território de Conimbriga

  • R. Triães
  • J. Coroado
  • F. Rocha
Palavras-chave: Conimbriga, Cerâmica de construção, Pesos de tear, DRX, FRX, Análise grupal, Análise em componentes principais

Resumo

A existência de um número significativo de materiais cerâmicos de construção e de pesos de tear nas ruínas de Conimbriga e em duas villae do seu território, permitiu coligir, estudar e sistematizar as diferentes formas. A partir da selecção e recolha de amostras destes materiais foi possível estabelecer uma caracterização composicional e tecnológica neste território. O estudo tipológico dos materiais de construção baseou-se na recolha das formas e dimensões, tendo sido classificados em tipos segundo a forma e em subtipos segundo as respectivas dimensões. Quanto aos pesos de tear foram classificados consoante o seu formato, anotando as diferentes particularidades, nomeadamente o número de orifícios, as marcas e o peso.

O estudo das características composicionais dos materiais cerâmicos foi efectuado por difracção de raios X (DRX) e por espectrometria de fluorescência de raios X (FRX) em dispersão de comprimento de onda. Dos resultados obtidos por FRX foi realizada a análise estatística multivariada, sendo de assinalar a relativa homogeneidade em alguns grupos, nomeadamente para os materiais de construção de Conimbriga e nas semelhanças entre pesos de tear encontrados nos vários locais estudados.

Publicado
2012-10-31
Como Citar
Triães, R., Coroado, J., & Rocha, F. (2012). Caracterização composicional e tipológica da cerâmica industrial do território de Conimbriga. Estudos Arqueológicos De Oeiras, 19, 185-192. Obtido de https://eao.cm-oeiras.pt/index.php/DOC/article/view/222