Gruta do Correio-Mor (Loures) – restos humanos

  • Miguel Telles Antunes
  • Armando Santinho Cunha
Palavras-chave: Paleolítico, Gruta do Correio-Mor, necrópole, Loures

Resumo

O nosso saudoso Amigo, Octávio da Veiga Ferreira (1917-1997), identificou e explorou, com a colaboração de outros colegas e amigos, a Gruta do Correio-Mor, no Concelho de Loures logo depois totalmente destruída pela lavra de uma pedreira, que esteve na origem da sua descoberta. Salvou espólio que incluía “um maxilar inferior bastante completo, com dentes, do nível Solutrense”.

O estudo da mandíbula, concluído pelos signatários em Outubro de 2000 e entregue para publicação, veio a ser incluído aqui por entretanto outros restos humanos nos terem sido entregues para estudo por J. L. Cardoso, identificados entre o espólio arqueológico entregue em 2004 ao Museu Nacional de Arqueologia. Passamos a descrever o total.

 

Publicado
2006-12-18
Como Citar
Antunes, M. T., & Cunha, A. S. (2006). Gruta do Correio-Mor (Loures) – restos humanos. Estudos Arqueológicos De Oeiras, 14, 521-532. Obtido de https://eao.cm-oeiras.pt/index.php/DOC/article/view/113